Principal satanista sul-africano tem encontro com Jesus Cristo

0
120

Considerado o principal satanista sul-africano, co-fundador de um movimento satanista da África do Sul, está contando seu testemunho pessoal de conversão, depois de decidir abandonar  o satanismo por ter tido um encontro com Jesus Cristo.

Riaan Swiegelaar, ex-reverendo da Igreja Satânica da África do Sul (SASC), renunciou ao cargo em maio e em julho compartilhou seu testemunho no Facebook, onde relata o que o atraiu ao satanismo, depois de ter se envolvido há 20 anos com um ministério cristão.

“Estou fazendo este vídeo ao vivo porque muitas, mais de 100 pessoas, no WhatsApp e quase 200 no Facebook, estão me enviando mensagens querendo saber por que deixei a Igreja Satânica da África do Sul e por que dei as costas Satanismo”, disse Swiegelaar.

“Eu me envolvi com o satanismo porque na época ele ressoou comigo, sendo muito quebrado e triste sem perceber. Eu acho que a razão pela qual muitas pessoas ressoam com o satanismo é que elas vêm de um lugar muito quebrado. Eu conheci milhares de satanistas nos últimos três anos e não estou dizendo que as intenções são ruins, elas estão extremamente quebradas e extremamente feridas”, lembra.

Amor cristão

Segurando as lágrimas, Swiegelaar explicou que se voltou contra o satanismo depois de experimentar o amor incondicional de Jesus Cristo.

“Eu nunca conheci o amor incondicional em toda a minha vida e até hoje, há apenas quatro cristãos em toda a minha vida que me mostraram o que é o amor incondicional. Eu quero agradecer a essas quatro pessoas. Palavras não podem expressar o que você fez por mim”, disse ele.

“Mostrar amor a alguém é tudo. Não é uma coisa simples. Você me mostrou tudo. Você me mostrou o amor de Cristo. Eu vi isso em você”, acrescentou Swiegelaar.

Em meados de maio, Swiegelaar deu sua última entrevista como membro do SASC na estação de rádio CapeTalk. Após a entrevista, uma mulher que trabalhava para a emissora, cujo nome ele não quis revelar, veio até ele e demonstrou o amor de Deus de forma inesperada.

“Eu disse a ela: ‘Eu não acredito em Jesus e não acredito que Jesus Cristo exista’ porque eu não acreditava. Ela veio até mim depois da entrevista, depois que eu disse isso e ela me abraçou e me abraçou. uma maneira que eu nunca fui amado”, disse Swiegelaar.

“Foi tudo o que ela fez. Ela só disse que foi bom me conhecer pessoalmente. Uma semana depois, no WhatsApp, pelo status dela, vi que essa mulher é cristã. Nunca tive um cristão que fizesse isso”, afirmou.

“Eu nunca experimentei um cristão mostrar tanto amor e aceitação incondicional… depois que eu disse as coisas que eu disse, ela fez isso. Isso ficou comigo”, continuou.

Encontro com Jesus

De acordo com CBN News, o ex-satanista disse que uma semana depois, durante um ritual satânico para ganhar mais poder e influência, ele teve um encontro com Jesus Cristo.

“Eu fiz esse ritual e me abri e Jesus apareceu e eu estava extremamente arrogante e disse, ‘se você é Jesus, você precisa provar isso.’ E Ele me inundou com o mais lindo amor e energia e eu reconheci imediatamente porque aquela mulher na estação de rádio me mostrou. Foi assim que reconheci o amor de Cristo”, disse.

Ele concluiu o vídeo garantindo a seus seguidores que postará material que escreveu recentemente sobre sua conexão com Cristo. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here